Luciano de Jesus Novais

    Mann, Aktuell lebende in Pojuca (Brazil)

    Geboren in Guaruja Sao Paulo (Brazil) am 20 Juni 1978.

    Aktuell lebende in Pojuca (Brazil).

    Aktivität: Malerei; Sculpture;

    BIO

    Sou o quarto filho de uma família de seis irmãos, nascido em São Paulo, embora seja naturalmente nordestino, meu pai Lourival R. Novais, é de Jequié BA e minha mãe Tereza de J. Novais é de Aracaju SE.Tereza Novais,uma desenhista nata foi minha principal incentivadora. Em Pojuca cresci e estudei pois meu pai mudou-se pra cidade no ano de 1981; dois meses após completar cinco anos, isso em 31 de agosto de 1983 ouve uma grande tragédia com um trem que transportava gasolina e que passa pelo perímetro urbano da cidade. Esse acidente traumatizou não só a mim mas a todos o habitantes já que as vitimas do mesmo se espalharam pela cidade como mortos vivos queimados. Em virtude desse acidente e relatos de minha mãe vendo os desenhos que a mesma fazia, comecei a me inspirar. Durante toda minha infância rabiscando em folhas de caderno tudo q havia visto naquela tragédia. Aos 16 anos cursando o ensino fundamental, tive um professor de artes Miguel Wilson, q vendo minha vocação pra pintura, começou a me incentivar nos trabalhos escolares. Aos 19 anos tentando me livrar das minhas confusões mentais pintei minha primeira obra  ‘Mundo vazio’ onde descobri pela primeira vez o surrealismo  pois ate  o momento eu não sabia q tinha pintado uma obra surrealista. Ao chegar em casa comecei então a pesquisar sobre esse estilo de pintura me dedicando mais e mais.  Em 2001 fui convidado a participar de um festival de artes na cidade vizinha, onde participei com três obras sendo elas Elegíaco, Reflexo Confuso e Apocalipse, sendo a ultima selecionada; Em 2004 fui convidado a pintar na galeria Portal da Cor, no Pelourinho em Salvador, pintando varias obras surrealista sobre a  guerra, fome, doença, tristeza  e todas as mazelas que há no mundo  e por ironia do destino em 2009 já abalado pelo meu passado fui pego por um destino sombrio tendo minha Irma mas velha e uma grande admiradora Cristiane J. Novais assassinada trazendo assim uma grande depressão onde como refúgio  pintei mas uma obra  ‘Lua cris’ em sua homenagem. Mas no fim deste mesmo ano perdi meu pai entrando novamente em depressão. Já de volta a cidade com tantos traumas do presente e do passado, em 2013 criei uma exposição intitulada via pietá, que retrata o trauma do passado pois percebi que era a única forma de me livrar de tantos fantasmas; Essa exposição retratou os 30 anos do acidente do trem que me traumatizou. No ano seguinte trouxe a exposição ‘Um Dia Após’  que relata o dia seguinte ao acidente. Todos os anos  realizo  essa exposição na data do sinistro  como forma de homenagem e denuncia por todos aqueles que se foram. Encontrei no surrealismo uma forma de fugir dos meus medos retratando o inimaginável tornando-me assim diferente de mim mesmo.                                                                            (Luciano Novais)

    SAMMLUNGEN:

    EREIGNISSE

    FAVORITEN

    New Community Member

    Manish Dhaka

    ist der Community beigetreten

    New Member Artwork

    PAOLA SANTAGOSTINO

    NEL BUIO

    New Like

    Aleksei Surkov likes this artwork

    limon

    From Yicca Art News

    Günther Förg surface of bronze

    From Yicca Art Shop

    Oil painting on canvas, 7 ...

    STRACCI

    by MariaGiovanna - Italy